RITUAL DO CONSELHO CÁRMICO – CONEXÃO COM A GRANDE FRATERNIDADE BRANCA

76

O Conselho Cármico é formado por Seres de Luz, que zelam pelo equilíbrio da humanidade, principalmente nestes momentos atuais de muitas mudanças.

Reúnem-se quatro vezes ao ano (último dia dos meses de março, junho, setembro e dezembro), no Templo da Precipitação que está etericamente plasmado no Reino da Luz. Estes seres deliberam as petições apresentadas por todos os Seres.

Eles liberam abundantemente a luz da Misericórdia de Deus e a luz Violeta Púrpura que, conduzida pelos Seres Divinos, irradia-se por todas as frequências vibratórias, levando aos seres humanos o auxílio e a transmutação de registros passados da humanidade.

As “Divina Presença EU SOU” de todas as pessoas na Terra, encontra-se com estes Seres de Luz, para juntos escolherem e trabalharem fortemente durante 3 meses, até a próxima reunião.

Todas as pessoas encarnadas, nas noites de Reunião do Conselho Carmico, em corpo espiritual, enquanto dormem, se encontram com os Seres de Luz responsáveis por todas as formas de evolução no planeta e cada um ESCOLHE o que se propõe a fazer nos próximos 3 meses.

São benefícios inimagináveis que podemos alcançar escrevendo a este Conselho nestes períodos do ano, pois estes Seres dão-nos a oportunidade de pedirmos bênçãos, transmutações, consciências, saúde, proteção e nestes momentos, principalmente pedirmos proteção e elevação de consciência bem como elevação vibracional para passarmos por estes desafios atuais. Podemos também investir em trabalhos, projetos, relacionamentos, família, avanço espiritual, paz, equilíbrio interior, cura da criança interior ferida, esperanças mais profundas e isso tudo a nível pessoal e coletivo.

Aproveitemos este dia para restabelecer nosso compromisso interno com nossa Verdade e Força Vital, projetando assim no mundo externo o potencial da nossa alma: Felicidade, Harmonia, Cura da Pandemia, Saúde, Abundância, Consciência planetária humanitária, Igualdade, Reconexão dos humanos com o Divino, Realizações e tudo o mais que sentires…

Antes mesmo de nascer, estamos juntos ao Conselho, combinando e organizando as lições a serem aprendidas e executadas durante essa nossa existência aqui na Terra. Planejando os recursos que nos possibilitarão o sucesso do aprendizado, ou seja, o tipo de corpo físico, a família, local de nascimento etc…

Essas lições tem como objetivo o desenvolvimento gradual, até acessarmos as informações e expansão necessárias para as escolhas conscientes perante tudo o que nos acontece.

Quando nascemos… vamos crescendo e continuamos recebendo o auxílio dos abençoados seres, tanto do Conselho bem como dos nossos Mentores, guias, anjos e amigos espirituais, seja como for a forma que você os denomine. Este auxílio vem para que possamos cumprir e desenvolver tudo a que nos propusemos.

Quatro vezes por ano, com o auxílio de nossos guias espirituais e de Arcanjo Miguel, voltamos ao Conselho Cármico que amorosamente, recebem as vibrações através das cartas,  dos nossos pedidos e petições, que podem ser entendidos como também um pedido de ajuda e assim, realizam os ajustes que necessitamos para melhor aproveitamento das circunstâncias nas quais estamos inseridos atualmente.

Novos recursos podem ser disponibilizados para a realização das nossas tarefas, ou sejam, encontro com os mestres ou com as equipes auxiliares de luz, mudanças, oportunidades de aprendizados, etc… Quando nos conscientizamos disso e nos alinhamos com nosso “propósito de vida”, podemos nos expandir de forma mais rápida.

Podemos e devemos transmitir ao Conselho Cármico nossos bloqueios e dificuldades bem como apresentar novos projetos e os mesmos serão concedidos conforme estejam de acordo com nosso propósito e alinhamento com O Grande Criador, pois realmente apenas essa ENERGIA vibra de acordo com o que é melhor para cada um de nós.

Nossos pedidos serão atendidos conforme a energia de nosso coração e vontade de cada um de se expressar da forma mais expansiva e em rede, ou seja, em nome do bem comum.

Podemos também pedir auxilio para quem amamos, para nossa comunidade e sobretudo por este momento planetário, vamos pedir pelo nosso planeta, pelos hospitais das nossas cidades, pelos profissionais de saúde bem como os cientistas que estão na linha de frente para descobrir a vacina efetiva para o Covid 19, desde que esses pedidos estejam sob a Lei Maior e Justiça Divina, para que não interfiram no livre-arbítrio e na programação de cada um.

Todos nós precisamos passar perante este Conselho tanto antes como depois de cada vida na Terra.

Sempre dispostos a nos ouvir e sentir,   podemos entregar nosso escritos  aos Senhores do Carma, atualmente representados pelos seguintes Seres Cósmicos, que compõe o Conselho Cármico:

1º Raio – Saithru – O Grande Diretor Divino, responsável pela 7ª Raça-raiz da Humanidade terrestre;

2º Raio – Libra – a Deusa da Liberdade e Equilíbrio, e porta-voz para o Conselho Cármico;

3º Raio – Mestra Ascensa Nada – a Deusa do Amor Devocional e Gratidão;

4º Raio – Elohim Cyclopea (também conhecido por Elohim Vista) – Deus da Iniciação, Ciência, Concentração e Cura;

5º Raio – Palas Athena – a Deusa da Verdade;

6º Raio – Pórtia – a Deusa da Oportunidade e Justiça e complemento do Mestre Saint Germain;

7º Raio – Kwan Yin – a Deusa da Misericórdia e Compaixão;

8º Raio – Vairoshana, Buda Dhyani; + Arcanjo Miguel – Fé, Protecção, Vontade Divina; + Entidades Interdimensionais e Interplanetários – energia electromagnética que facilita a manifestação de nossos sonhos; + A Presença EU SOU de todos os Seres encarnados na Terra.

O Grande Diretor Divino é uma função que direciona um propósito unificado às mais variadas necessidades de uma raça. Atualmente quem exerce essa função é Lanto que já foi Diretor do 2º Raio (dourado).

A Deusa da Liberdade personifica o Amor-perfeito de Deus que nos concede amor incondicional, compaixão, força e pureza.

A Mestra Nada, Diretora do 6º Raio (rubi), não se consegue fixar sua imagem por mais que alguns instantes, porque ela vai se diluindo em toda a humanidade, tão grande é seu amor por nós e seu desejo de que sejamos tudo, resgatando o melhor que há em nós.

O Elohim Cyclopea é o “olho que tudo vê”, a Visão Ilimitada de Deus que enxerga a essência de todas as coisas. Nada pode ser escondido, nem mesmo uma intenção.

Palas Athena, a Deusa da Verdade, atua no 5º Raio (verde) auxiliando a desfazer nossas compreensões erroneas que só nos trazem sofrimento, para nos ajustar aos propósitos evolutivos.

Portia , Deusa da Justiça, atua no 7º Raio (violeta), ajudando a estabelecer a medida exata do que nos pode ser concedido a cada momento .

Kwan Yin é a Deusa da Misericórdia que alivia nosso sofrimento. Tão grande é sua compaixão que nos auxilia sempre.

Vairoshana, um dos Budas Dhyani, personifica o poder que estabelece a Verdade consumindo a nossa ignorância e permitindo que vejamos as coisas como elas realmente são.

Então, a cada 3 meses, podemos escrever uma carta ao Conselho Cármico agradecendo tudo o que temos recebido, pedindo auxílio para o que nos falta cumprir, orientações para as nossas dificuldades e recursos para o nosso desenvolvimento e o de toda a humanidade.

Mas somos mais criteriosamente avaliados a cada ciclo de 12 anos (aos 12, 24, 36, 48, 60, 72, 84, 96 anos, e além, se chegarmos a estar encarnados além desta idade).

MATERIAIS NECESSÁRIOS

01 vela de preferencia branca, caso não tenha usar de outras cores, não importa o tamanho.

04 folhas em branco, de preferencia de seda, caso não tenha usar outra branca e um lápis para escrever.

01 recipiente para a queima do papel

Carta ao Conselho.

Primeiro escreva em uma folha em branco todos os aspectos negativos que você deseja transcender. As mágoas, os traumas, os medos, doenças, etc… tudo o que você considera negativo e que te bloqueia nos teus processos.

 

Orientações para escrever a carta

  1. Faça uma reflexão sobre todos os acontecimentos nos últimos seis meses, levando em consideração todos os aspectos da sua vida, por exemplo: saúde, finanças, relacionamentos, trabalho, estudos, espiritualidade, entre outros.
  2. Faça o planejamento para os próximos seis meses, levando em conta o que deseja para a sua vida, sua comunidade, o país e o planeta. Caso queira, pode também pedir por familiares e amigos.

           III.        Você pode endereçar sua carta pessoalmente para a Deusa da Liberdade, porta-voz do Conselho Cármico, para o amado Conselho do Carma ou para um dos oito membros que compõem o conselho. Sugestão para escrever a carta:

Em nome da minha Poderosa Presença do EU SOU e do meu Santo Cristo Pessoal, eu xxxxx(nome completo) apelo aos Senhores do Carma.

EXEMPLO;

Fulano de tal (seu nome de batismo)

São Paulo, 30 de junho de 2020

Ao grande Conselho do Carma

A/C da Deusa da Liberdade (ou Arcanjo Miguel ou outro mestre que você tenha afinidade), depois escreva:

PELA PAZ E CURA UNIVERSAL.

Em nome da minha Poderosa Presença do EU SOU e do meu Santo Cristo Pessoal, eu xxxxx(nome completo) apelo aos Senhores do Carma

Então, escreva seus pedidos para o conselho Carmico, mas cuidado, não perca seu tempo escrevendo coisas fúteis e imediatistas. Pois, quando se fala com mestres tão altos, sempre se deve tratar de evolução espiritual, de crescimento interno como um ser de luz e eterno e/ou em âmbito planetário. Para que, assim, a humanidade inteira cresça junto.

Assim que finalizar a carta, assine seu nome em extenso.

.

  1. Em seguida pode começar por agradecer, do seu coração, tudo quanto recebeu nos seis meses anteriores ou mais, passando depois a fazer seus pedidos pessoais, coletivos, nacionais e mundiais, não esquecendo de pedir ajuda para toda a sua Missão Divina na Terra e força para conseguir obter orientação e resolução Divina.
  2. Descrever quais as suas ofertas que dará em retorno, por exemplo: serviço ao próximo, possível renúncia de algum mau hábito, preces, decretos, novenas, reprogramações de 21 dias, Chama Violeta que serão a sua dádiva pelo qual o Conselho do Carma poderá multiplicar e usar como carma positivo, para depois o poder ajudar.
  3. Encerrar a carta com o seguinte selo: “Que tudo seja feito somente de acordo com a Vontade de Deus” e assine com seu nome completo.

Ritual de entrega da carta – Dia 30 de Junho

Escolha um local para seu ritual. De preferência, diante de um altar montado para os Mestres Ascensos da Grande Fraternidade Branca, com flores, incenso, um copo com água, plantas, cristais, etc… ou, se não for possível, busque um lugar calmo e tranquilo.

Se for queimar dentro de casa, escolha uma pia onde poderá apagar o fogo rapidamente, caso perca o controle. O ideal é que você tenha uma bacia ou cumbuca não inflamável para poder queimar sua carta.

Acenda a vela!

Invoque o Arcanjo Miguel e seus anjos para que levem a carta ao Grande Conselho do Carma. Faça uma das invocações abaixo, em voz alta:

Em nome do Pai, do Filho, do Espírito Santo e da Mãe Divina, eu (diga seu nome completo) invoco o amado Arcanjo Miguel para que entregue esta carta para a Amada Deusa da Liberdade, no Conselho Cármico de Deus.”

“Em nome do Pai, do Filho, do Espírito Santo e da Mãe Divina, eu (diga seu nome completo) invoco os Anjos da Correspondência para que levem esta carta até a oitava etérica, para ser analisada pelo Conselho do Carma. Invoco ainda o Amado Arcanjo Miguel para que escolte e proteja o conteúdo desta carta até o seu destino, que é o Conselho do Carma. Amém. Amém. Amém.”

AGORA EM VOZ ALTA:

A GRANDE INVOCAÇÃO

Do ponto de luz na mente de Deus
Que flua a luz à mente dos homens
Que a Luz desça à Terra!
Do ponto de amor no coração de Deus.
Que flua o amor aos corações dos homens
Que Cristo retorne à Terra!
Do centro onde a vontade de Deus é conhecida,
Que o propósito guie a vontade dos homens,
O propósito que os Mestres conhecem e servem!
Do centro a que chamamos a Raça dos Homens,
Que se realize o Plano de Amor e Luz
E feche a porta onde se encontra o mal!
Que a Luz, o Amor e o Poder restabeleçam
O Plano Divino sobre a Terra,
Hoje e por toda a eternidade!
Grande Fraternidade Branca

 

Após a invocação, leia sua carta em voz alta e conclua colocando fogo:

  • Primeiro, folha em branco
  • Segundo, na folha onde escreveu seus maiores bloqueios e aspectos negativos que você realmente deseja transcender.
  • Terceiro na sua carta de petição
  • Quarto, a última folha em branco.

Finalize dizendo: “Amém e assim é! Assim é! Assim é!

O fogo é para mandar a carta para o plano etéreo. A carta deve ser queimada completamente e o resto das cinzas que sobrarem não tem valor algum, podem ser jogados em qualquer lugar, mesmo em uma lixeira. As cartas também podem ser queimadas em grupo, onde uma pessoa faz a invocação e coloca fogo por todos.

Uma boa sessão de decretos, orações, mantras antes e depois do ritual também é bom.

Manter uma cópia é opcional, mas caso queira, coloque-a dentro de algum livro sagrado, por exemplo a Bíblia.  Nos dias seguintes, junto com seus decretos, faça a leitura da carta para reforçar seus pedidos e não esquecer de cumprir suas promessas a Deus e aos Mestres.

Finalize ouvindo suas músicas e mantras prediletos, dance, celebre, baile e expanda esse amor e confiança por todo o universo!!

Está feito e assim é!!

Por Neiva Santos

Este post tem 5 comentários

  1. Vania Kirzner

    Maravilhoso. Creio muito e farei como foi indicado.

  2. Ana de Cáscia Martins

    Gratidão amiga por lembrar de mim .
    Farei o ritual hj.
    Bjo

  3. Antônio Leonardo Mendonça de Almeida

    Bom dia repleto de coisas boas!
    Sim, estarei presente a esse momento tal necessário a todos nós. Compartilho com amor e alegria com toda a humanidade para que sempre haja Luz.

  4. Maravilhoso!
    Sempre aprendemos, a evolução e necessária a todos
    Deus abençoe toda humanidade
    🙏🏻❤️

  5. Junia Ferreira

    Gratidao

Deixe uma resposta